Procurar no Bloguefólio:


Widget UsuárioCompulsivo

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Porque há pessoas diferentes...

...que não conseguem fazer tudo aquilo que nós fazemos todos os dias, coisas simples como falar, ouvir, ver. Mas que também gostam de histórias e a elas têm direito, só que precisam que estas sejam adaptadas às suas necessidades.
Por isso recebemos a visita da Prof. Olívia e da Prof. Teresa, que nos vieram mostrar um exemplo de história adaptada com os símbolos SPC:
Se quiserem conhecer mais histórias destas, espreitem aqui.

Já hoje, tivemos oportunidade de experimentar (tocar, sentir) um livro especial para pessoas invisuais, ou seja, aquelas que não conseguem ver.
 É bom aprender coisas novas como estas, assim tomamos consciência de que há pessoas diferentes de nós, que devemos respeitá-las e ajudá-las se pudermos.

O "braille" é uma linguagem diferente, que não conseguimos compreender (apesar de alguns até terem "reconhecido" letras do nosso alfabeto no texto do livro!) e que nos pareceu muito difícil! 
Este é o alfabeto, escrito em braille:
As pessoas invisuais lêem assim, usando os dedos:
Estes são os números até 10:
Também ficamos a saber que existem máquinas que escrevem braille, são assim:
Assim se escreve SALA FIXE, em braille:
Se quiserem escrever outras coisas, como o vosso nome, podem fazê-lo neste site:


quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

O Rafa Girafa e uma verdadeira oficina de máscaras...

A história de hoje chamava-se "O namoro do Rafa Girafa" e deu para descobrir muitas rimas... estamos a ficar peritos! Encontramos esta versão no Youtube, para que possam  também ficar a conhecê-la:


A propósito da Girafa, conhecemos também a música "Girafa" de Ricardo Reis Pinto, que o Guilherme já tinha andado a trautear pela sala... 


Com a aproximação do Carnaval, também espreitamos uma máscara engraçada feita com caixa de ovos... 
...mas ninguém a quis fazer :-O 
E como cada um de nós deve poder escolher, não se fez mesmo nenhuma girafa!
Mas achamos que podíamos usar as caixas de ovos para fazer máscaras de outras coisas...
- De batman!
- De cowboy!
- De princesa!
- De monstrinho!
Claro... porque não? É só inventar uma forma de o fazer... e foi isso mesmo o que fizemos!


Amanhã iremos continuar... ainda há tanto o que inventar/experimentar/resolver/construir!

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Preparando a missão: espalhar o poder da fruta!

Este foi o nosso Hino da Fruta do ano passado (1ª edição do Protejo Heróis da Fruta)
Lembram-se?
Nós ainda o sabemos de cor de salteado!

Quanto ao hino desta 2ª edição, deixamos desde já uma notícia em primeira mão:

O hino da fruta desta vez não será só nosso... (da Sala Fixe) 
mas de todos nós, grupos e turmas da EB1/JI de Vila Franca

Um hino conjunto, tendo em conta a circunstâncias atuais e o sistema escolhido para a votação, a qual decorrerá por televoto (para um número 707 ... ... com o custo de 0,60 + IVA).
O apuramento dos 60 hinos finalistas será realizado através de votação pública que decorrerá entre as 23h59 do dia 4 de Fevereiro e as 23h59 do dia 10 de Março de 2013, sendo selecionados como finalistas os 3 mais votados dos 18 distritos continentais portugueses e das 2 regiões autónomas dos Açores e da Madeira. 
A lista final com todos os hinos candidatos e respetivos votos angariados será publicada às 23h59 do dia 12 de Março de 2013, com indicação dos 60 hinos finalistas. 
Destes 60 finalistas serão escolhidos 3 vencedores, após decisão do Júri, que vai ainda poder escolher diretamente o 4º vencedor, entre todos os hinos que não tenham obtido votos suficientes para chegarem a finalistas.

Os hinos vencedores vão receber como prémio «O Dia dos Heróis da Fruta» que inclui peça de teatro interativa, na qual animadores e mascotes infantis vão ensinar às crianças uma receita de culinária saudável com fruta e recordar os mandamentos dos heróis da fruta.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Fantasiando... ;-)

Porque começa a ser altura de fantasiar... de que me quero disfarçar neste Carnaval foi o trabalho de casa deste fim de semana! 
Todos trouxeram a ideia pronta, só faltava mesmo registá-la! 
Quando o fizemos reparamos que havia vários conjuntos de fantasias iguais:
5 Cowboys

3 Cavaleiros

2 Princesas

2 Homens-aranha

1 Palhaço

Ainda faltam alguns meninos escolher, pois hoje quatro não vieram ao jardim... mas assim os pais podem ir começando os preparativos. 
Claro que, entretanto, levaremos o recado pedindo a vossa colaboração, como habitual ;-)


domingo, 27 de janeiro de 2013

Projeto Heróis da Fruta: os resultados finais

Como sempre, ao chegar ao fim de um projeto, é necessário avaliar, o que passa, neste caso, por considerar os seguintes aspetos...
  •  O envolvimento das crianças ao longo do projeto:
As crianças do grupo participaram sempre com muito interesse e empenho nas diversas propostas que foram levadas a efeito, incluídas no Guia de Apoio fornecido.

  •  A mudança operada nos seus hábitos alimentares: 
Durante o período em que decorreu a implementação (de 16-10-2012 até 25-01-2013) todas as crianças trouxeram fruta para o lanche da manhã (à exceção das crianças que faltaram, ou de um ou outro caso pontual)

  • O total de porções de fruta ingeridas ao lanche, registadas no Quadro de Mérito: 894
  • A evolução do peso e da altura das crianças do grupo: 

(Atualizado e corrigido)

Isto para além da satisfação que nos deu participar, pela segunda vez, nesta iniciativa, na qual falta apenas terminar o videoclip do Hino da fruta... aguardem-nos!

sábado, 26 de janeiro de 2013

Coisas fixes!

... são também aquelas que vamos fazendo por iniciativa própria nas áreas da nossa sala e que não resistimos em pedir à professora (insistentemente...) para fotografar!
 
 - Anda ver, arrumei os jogos todos!
- Fiz estas construções com todas as peças!
- Desenhei um fixe na caixinha de areia da mesa de luz!
 - Olha, também dá para escrever!
 E porque o Guilherme teve uma guitarra de prenda de anos...
quisemos fazer guitarras e microfones na área dos projetos! A Cindy ajudou-nos...
 - O jogo magnético dá para fazer pessoas!
 
Os novos adereços para a modelagem...
 fizeram aparecer na nossa sala, de um momento para o outro,
 uma verdadeira invasão de monstrinhos!
- Anda tirar a fotografia!
- Estão giros, não estão?

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Assembleia de Escola nº 3

Comemoramos hoje o último dia de implementação do Projeto Heróis da fruta, o que é apenas sinal de que já não teremos de continuar a pintar a estrelinha no quadro de mérito... sim, porque iremos continuar a comer fruta e a manter o bom hábito de um "Lanche Escolar Saudável", como verdadeiros Super-heróis!
Foi então dia de pesar, medir, preencher o inquérito pós-intervenção e assim colher os dados necessários para o envio. 
Foi também dia de continuar a fazer os capacetes e as capas destes Super-heróis da fruta que somos nós... mas ainda não terminamos.

Como era dia de Assembleia, depois das notícias/problemas transmitidos pelos presidentes de cada uma das salas (a nossa foi sobre a importância do projeto e o que aprendemos com ele) aproveitamos para abordar a alimentação e a Prof. Helena do 4º ano arranjou dois vídeos muito engraçados para vermos (o nosso obrigado para ela).
O primeiro é este, dos Nutriamigos, que nos ensina a comer bem:
E o segundo aqui está, bem divertido... com ajuda dos personagens das histórias infantis, o lobo mau ajuda a prevenir a obesidade! Demos boas gargalhadas...
Terminamos de uma forma diferente... mas depois falaremos disso ;-)
E como "A mudança está em nós" portámo-nos todos de acordo com as regras e assim a Assembleia decorreu muito bem!


quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Mãos à obra super-heróis!

Aproxima-se a passos largos o final do período de implementação do Projeto Heróis da Fruta - lanche escolar saudável, que estamos a implementar pelo segundo ano consecutivo e que se articula com outro o projeto aglutinador do Agrupamento,  "A mudança está em mim"...
Comer fruta ao lanche já faz parte da nossa rotina diária, bem como assinalar a respetiva estrela no Quadro de Mérito. 
Mas este ano decidimos fazer algo diferente, uma vez que algumas das atividades propostas já seriam realizadas pelo segundo ano... 
Como já somos super-heróis (e não apenas heróis, pois isso já fomos o ano passado) vamos equipar-nos a rigor, com capacetes de investigadores da fruta e capas de super-heróis da fruta (SHF) para assim melhor espalharmos o poder da fruta!
Eis as  imagens do primeiro grupo de super-heróis a preparar as suas capas:
 Escolher as frutas, contornar...
 Recortar, retirar as costas do papel autocolante 
 e colar.
 Estas já estão prontas!
E, como diz o ditado "quem tem capa... sempre escapa".
Com a chuva que tem caído, ainda podem dar jeito para mais alguma coisa!
Mas também já estamos a terminar os nossos capacetes de investigadores da fruta...
Depois mostramos ;-)
Entretanto começaram os ensaios a sério para a gravação do Hino da Fruta... mais tarde daremos novidades!

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

"Viagens literárias" - capítulo II

Tendo regressado à sala alguns colegas que estiveram doentes, começamos por pô-los ao corrente do que temos feito. 
Alguém logo falou da Lenda de Viana e do livro "ViAna", o que nos levou a recordar e recontar a mesma:
A propósito das diversas e diferentes versões que existem desta lenda, ainda conhecemos outra, esta aqui, que nos foi lida pela nossa educadora:
E então... algo de estranho aconteceu.
Tal como na semana passada quando conhecemos o vídeo da Íris, alguns de nós ficaram emocionados e com vontade de chorar.
Mas porquê? 
Afinal esta era uma história bonita, uma história de amor! 
Com uma linguagem um bocadinho diferente da que estamos habituados, isso é verdade, mas foi assim que o autor, um senhor chamado António Manuel Couto Viana, a escreveu.
E o Tiago R. explicou:
- Pois é... nós ficamos tristes mas é de felicidade!
Existem ainda outras versões desta lenda... tal como esta, ou esta, mas talvez não seja boa ideia continuar...

Decidimos então conhecer todo o livro "ViAna" de Inês Madeira, por episódios, um em cada dia, tal como fizemos com "Uma aventura no Outono" no início do ano e com muito bons resultados!
Hoje foi o início da novela e, neste primeiro episódio, as gaivotas Lara e Afonso subiram ao Monte de Santa Luzia e falaram-nos da citânia, a cidade velha de Santa Luzia, um castro cheio de pedras que, antigamente, eram casas dos povos romanos (fica mesmo atrás da Pousada de Santa Luzia, papás,quando puderem levem-nos lá a dar um passeio!)
Depois, as gaivotas contaram como eles desceram do monte para a beira do rio, que era conhecido por Rio Lethes ou rio do esquecimento, segundo reza uma outra lenda:
 Certo dia, Décio Juno Bruto, com as suas tropas, chegaram à margem de um rio.
   Os soldados, ao observarem a paisagem maravilhosa, a tranquilidade e a pureza das águas desse rio, pensaram que estavam junto  ao rio Lethes, o rio do esquecimento.
   Reza a lenda, que quem atravessasse este rio, perderia completamente a memória. Nunca mais se lembraria da família, nem da Pátria.
   Décio Bruto procurou um lugar seguro, onde os seus homens pudessem atravessar sem perigo e ordenou que iniciassem a travessia.
   Os soldados receando os poderes do rio recusaram-se a fazer a travessia.
  O comandante das tropas romanas, pegou na bandeira e atravessou o rio.
  Já na outra margem, chamou pelos nomes dos seus homens, um a um, provando que não tinha perdido a memória e que a lenda do rio não era verdadeira.
Gostamos de ver os soldados romanos e de conhecer esta outra lenda, A Lenda do Rio Lethes (- é tão parecido com filetes!) e, por hoje, a novela parou aqui! Amanhã haverá mais...

Ecopontos reciclados!

Hoje recebemos visitas... a Eng. Gracinda, do Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental (CMIA) veio mostrar-nos como reutilizar latas de refrigerantes, no âmbito do projeto "Da terra para a Terra".
Como nós somos todos "heróis da fruta" e não consumimos esse tipo de produtos, pedimos aos cafés de Vila Franca para nos ajudarem a juntar as 160 latas de que necessitávamos. 
Muito obrigado a todos, pois assim conseguimos muitas e bem depressa!
Com as latas que reunimos, depois de retirada a anilha, formamos um padrão: laranja, verde, laranja, verde; depois foi só completá-lo, um a um, enquanto a Eng. Gracinda ia colando as latas com cola quente.


Assim construímos um embalão novo (ecoponto amarelo) onde passaremos agora a colocar os pacotes do leite escolar que tomamos; e como não tínhamos ainda pilhão na escola, construímos um também, com latas vermelhas, pois é essa a sua cor.
Depois a visitante sugeriu que desenhássemos esta atividade, pois ela gostaria muito de ver os nossos desenhos... mas não tivemos tempo de os acabar. 
Amanhã iremos continuar e depois partilhamos aqui. 
Se gostarem muito dos nossos desenhos, pode ser que o blogue do CMIA os publique!
E a tarde terminou assim:
Obrigada Cindy, pelas fotos divertidas!

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

"Viagens literárias" - capítulo I

Numa das nossas muitas conversas veio à baila o castelo de Viana, que muitos de nós já conhecem. A esse propósito (e após pedido insistente do Rodrigo B.) hoje conhecemos a Lenda de Viana do Castelo, da qual existem diversas versões, mas só uma conseguimos encontrar em livro. Trata-se de "ViAna - a história de Viana do Castelo em Banda Desenhada" (BD), de Inês Madeira, a autora que veio à nossa escola apresentá-lo em 2009.
A lenda é-nos contada por duas simpáticas gaivotas, a Lara e o Afonso e é muito pequenina,  encontra-se apenas em duas páginas...
Existem várias versões da lenda e enquanto esta fala numa rapariga e num rapaz, outras falam numa princesa e num príncipe... mas todas concordam em atribuir o nome da cidade ao apaixonado que, quando via a sua amada, repetia sempre "Eu vi Ana do Castelo!"

Não podíamos deixar passar esta oportunidade de fazer um registo em BD... foi o que dois de nós fizeram, com muita atenção e cuidado:

Três escolheram a pintura (mas dois deles olharam demais para a folha um do outro ;-)


Os restantes optaram por desenhos, bem coloridos e ricos em pormenores: 







Todos conseguimos reproduzir o essencial desta lenda... mas ainda restava uma dúvida: como é que o rapaz/príncipe conseguia ver a rapariga/princesa do outro lado do rio?
Esta questão, associada ao conhecimento que alguns têm de "Art Attack"(programa de TV sobre trabalhos manuais) e experiência em projetos, começou a dar origem a uma maqueta, de que depois daremos mais notícias...

Nota: Este trabalho integra-se no projeto "Viagens literárias" (com o Google Earth - Lendas Georeferenciadas) da iniciativa da professora Teresa Pombo.

(Não sei porquê, mas o blogger não deixou justificar este texto :-(


Diário Bloguefólio

Porquê e para quê um Blogue-Portefólio?

Uploaded on authorSTREAM by jusousa | 

De onde nos chegam amigos