Procurar no Bloguefólio:


Widget UsuárioCompulsivo

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Arte em vitrais... e mais

Falamos nos vitrais há tempos atrás, quando conhecemos a apresentação "Os Reis Magos na Arte" tendo chamado a atenção dos fixes para observarem alguns exemplos na igreja da freguesia.

Mas desta vez colocamos mãos à obra e criamos vitrais (à nossa maneira) na sala!
Usamos papel autocolante transparente e papel celofane de várias cores e ainda cartolina para fazer o caixilho... 

Compusemos os nossos vitrais combinando as cores, observando como a mistura de algumas dava origem a cores novas, reparando na transparência e na aderência da película autocolante, notando como as letras do nome (se escrito nesse papel transparente) se invertiam ao virar do outro lado... e tentando ler o nome que aparecia: ANITA = ATINA ;-)


Vitrais on PhotoPeach 

Tantas aprendizagens integradas numa atividade agradável e bonita, que deu origem a verdadeiras obras de arte!


Ao decorar a moldura, por exemplo, experimentamos pela primeira vez um novo instrumento, uns marcadores que criam relevos no papel conforme os modelos utilizados.

De manuseamento um pouco complexo no início (pois requer que se coloque a peça de molde no local certo, encaixando-a devidamente, caso contrário não funciona) depressa nos apropriamos sozinhos do seu modo de funcionamento.
É a curiosidade como motor de desenvolvimento, mesmo nos mais pequenitos!
video
O dia a dia dá-nos coisas fantásticas, não dá?
Basta estarmos atentos... e vermos!

1 comentário:

Era uma vez... disse...

Olá JUCA, como está?
Que bem que estiveram os seus pequeninos, GRANDES artistas!
A curiosidade é de facto o motor de todas as aprendizagens,mas cabe a nós proporcionar essa estimulante curiosidade.
Que o novo ano continue a favorecer esse seu dom divino, que é cuidar das crianças, dessa forma tão generosa e tão profissional.
Bem haja

Laura e piratinhasnoji.blogspot.com

Diário Bloguefólio

Porquê e para quê um Blogue-Portefólio?

Uploaded on authorSTREAM by jusousa | 

De onde nos chegam amigos