Procurar no Bloguefólio:


Widget UsuárioCompulsivo

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Bolotas!

A história do dia veio ao encontro de algo que aconteceu na passada semana... na hora do recreio, gostamos de brincar lá fora e temos apanhado muitas folhas e bolotas! 
Sabemos que, tal como nós, os esquilos também gostam de bolotas e apareceu um na grande árvore perto do alpendre... aproximámo-nos para o ver melhor, mas ele assustou-se e trepou a árvore até lá cima num instante!
Por tudo isto, veio mesmo a propósito esta história de Tim Bowley:
Depois do reconto, da identificação das personagens e da análise do enredo da história, trabalhamos um pouco o sentido ordinal: a 1ª bolota, a 2ª, a 3ª... até à 6ª. 
O que aconteceu a cada uma delas? 
Conseguimos, com ajuda de todos, descrever isso mesmo:
- A primeira bolota, o esquilo escondeu.
- A segunda, o cavalo pisou o rebento que germinou.
- A terceira, a cabra comeu a pequena planta.
- A quarta, os meninos partiram os galhos da árvore pequenina.
- A quinta, o lenhador cortou o tronco da sua árvore para fazer lenha.
- A sexta, germinou, cresceu, cresceu, cresceu e deu um grande carvalho, que dá milhares de bolotas!

Mas porque será que o Jaime, no início da história é uma criança e no final é um velhinho?
- Porque as plantas / árvores demoram muito tempo a crescer! Esta história demorou muito tempo...

Então registamos graficamente de forma diferenciada, conforme a idade:
Os mais novos representaram personagens e partes mais significativas da história... todos já são capazes, com algum apoio, de representar o esquema corporal básico (girino) :-)
Os mais crescidos representaram-na em 6 partes, correspondentes ao sentido ordinal do aparecimento das bolotas... desde a 1ª até à 6ª.
Parece que as bolotas ainda vão dar muito mais o que fazer por aqui... ;-)

Sem comentários:

Diário Bloguefólio

Porquê e para quê um Blogue-Portefólio?

Uploaded on authorSTREAM by jusousa | 

De onde nos chegam amigos