Procurar no Bloguefólio:


Widget UsuárioCompulsivo

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Mais um... dia na Sala Fixe ;-)

Começamos o dia observando livros que trazemos de casa para contar/mostrar a todos... temos por hábito pô-los em lista de espera e o monte vai crescendo em cima da mesa grande! Hoje vimos o do Rui, sobre a cor vermelha, porque ele tinha que o levar para casa.

Depois recordamos as atividades e aprendizagens de ontem, ligadas ao projeto das tartarugas e mais uma pergunta se colocou:
- Como nascem os animais?
- Não nascem todos da mesma maneira...
- As tartarugas nascem dos ovos!
- E outros nascem na barriga da mãe!
Um jogo, que estava na área de  jogos da mesa, ajudou-nos a descobrir respostas para esta pergunta. Montamos os diversos puzzles em grande grupo e observamos o que ensinavam: 
- Há 3 formas de nascer: na barriga da mãe, no ovo ou no casulo.
Também visualizamos esta apresentação sobre a reprodução da tartaruga marinha:
Percebemos e transformamos em palavras aquilo que as imagens diziam, contando a história deste ciclo de vida. E logo se organizou um pequeno grupo para elaborar mais um cartaz. Desta vez decidimos representar através do desenho a informação recolhida...

Foi também dia de expressão motora, altura em que desenvolvemos atividades de exploração de arcos, descobrindo muitas das coisas que podemos fazer com eles.
Logo chegou a prof. Patrícia, com a galinha Dó Ré Mi e o Sr. Batata
Com eles consolidamos a Dança dos 7 gestos e aprendemos ainda a Dança da cobra. 
São sempre momentos muito divertidos!

E este não seria um dia na Sala Fixe se não houvesse várias iniciativas de mini-projetos individuais...
- Um boneco que se termina... e a alegria (ou melhor, o triunfo) correspondente :-)
- Biscoitos quentinhos (de areia cinética), servidos a todos, de área em área...
- Uma experiência com canetas de acetato (as mãos ficaram todas azuis, mas valeu bem a pena em envolvimento e empenho!)
- Uma tartaruga feita de tampinha... e uma casa para ela... e outra casa para a outra tartaruga... e ainda outra casa para uma tartaruga que ainda se vai ter que fazer amanhã!

Pois, amanhã... veremos o que acontece.
É que a nossa professora, ao ver que andávamos todos um bocadinho "tocados" (com tosses, pingos no nariz, espirros e outros sintomas gripais) resolveu ser Maria-vai-com-as-outras e ficar também doente. 
Se estiver melhor, amanhã já vem, senão só regressa quando estiver boa. 
Afinal, já todos sabemos que:
- Não devemos vir para a escola quando estamos doentes, porque não nos sentimos bem e ainda podemos pegar a nossa doença aos outros.
E não vai ser a professora a dar maus exemplos ;-)

Sem comentários:

Diário Bloguefólio

Porquê e para quê um Blogue-Portefólio?

Uploaded on authorSTREAM by jusousa | 

De onde nos chegam amigos