Procurar no Bloguefólio:


Widget UsuárioCompulsivo

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Começamos a semana...

Com o rescaldo do Dia das Bruxas, então não é que parece que ainda por cá ficaram...


E depois das novidades do fim de semana, que gostamos sempre de partilhar, recordamos como foi, no ano passado, o nosso Dia Nacional do Pijama... que animação! 
Parece que todos guardam boas lembranças:
- Fizemos bolachas!
- E trouxemos as canecas...
- E os ursinhos de peluche...
- Viemos todos de pijama!
- Tomamos o pequeno-almoço na escola.
- Levamos para casa um mealheiro, para por muitas moedas...
- Foi fixe :-)

E este ano, como vai ser?
- Temos que montar os mealheiros para levar para casa...
- E fazer a casa grande dos pijamas, para por lá as casinhas todas!
- Preparar o pijama para trazer para a escola.
- É no dia dos meus anos, não é? (Rui)


Começamos por recordar porque existe o Dia Nacional do Pijama: porque há muitas crianças que não tem uma família como nós e vivem num sítio parecido com a escola. Elas precisam de famílias para as receberem e viverem lá algum tempo, porque
E partimos para o novo livro, que recebemos no kit. 
Chama-se "A aranha delicada" e tem 10 capítulos; vamos conhecer um por cada dia!
Depois da leitura do primeiro, feita pela professora, recontamos o que ouvimos e percebemos tudo muito bem. Por isso não foi nada complicado registar os elementos principais desta parte da história. 
Aqui estão alguns dos desenhos que ficaram prontos:


Combinamos representar graficamente cada capítulo para, no final, montarmos um livro com esta história.

Também nos dedicamos ao tratamento de dados do mês de Outubro, que já terminou, fazendo as contagens do Mapa Mensal de Presenças e do Quadro das Luzinhas do Coração.
Obtidos os números, representamo-los de forma diferenciada conforme as idades, usando:
Os médios e pequenos fizeram com autocolantes, mas os grandes usaram papel quadriculado para fazer os seus gráficos de barras, assim:
"A organização dos dados em gráficos permite uma análise mais rápida, uma vez que a contagem dos elementos da mesma categoria é mais evidente.(...)  Estes gráficos necessitam de um sistema de eixos perpendiculares e da escolha de uma unidade (geralmente um quadrado que pode valer 1, ou 10,…). Este gráfico apresenta num eixo a variável e no outro uma escala de medida das barras. O gráfico tem tantas barras quantos os itens e as barras encontram-se separadas porque se referem a itens de variáveis qualitativas ou quantitativas discretas.
In: Brochura DGIDC "Sentido do número e organização de dados"

Claro que ainda houve tempo para...

E também para a introdução do Plano Individual, onde os meninos e meninas grandes irão registar o que fazem no dia a dia:
Desenhamos um círculo (na respetiva área) quando planeamos o que fazer e pintamo-lo quando terminamos essa atividade.

Assim foi o nosso dia, tranquilo, com todas as luzinhas do coração acesas e brilhantes.

Sem comentários:

Diário Bloguefólio

Porquê e para quê um Blogue-Portefólio?

Uploaded on authorSTREAM by jusousa | 

De onde nos chegam amigos