Procurar no Bloguefólio:


Widget UsuárioCompulsivo

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Dia 3... e pó de estrelas

Começamos o dia com a cabecinha deitada sobre os bracinhos cruzados e de olhos fechados... escutando atentamente, não só a melodia, mas também as palavras, desta música:


No final conversamos sobre ela e chegamos às seguintes conclusões:
- É linda.
- Fala do Natal.
- E do Pai Natal!
- Fala da amizade.
- Dos sinos, do trenó
- E de pó de estrelas...

E o Pó de estrelas, o que será?
- Alguma coisa... que faz magia!
- Deve ser brilhante e colorido.

Primeiro chegaram as estrelas (sem pó)  na forma de uma mantinha há muito desejada para o novo sofá da nossa biblioteca.
E que bom uso lhe foi dado no tempo de atividades e projetos:
Há até uma entrada no Diário de Grupo, na parte "Gostamos", que diz assim:
- Eu gostei de ir para a biblioteca e de sonhar com a mantinha de estrelas! (MJ, 3 anos)

Entretanto, começam a ver-se por cá vários
E nós estamos também dar uma ajuda!
O pinheirinho grande da escola, que é o da cantina, estava um pouco pobrezinho, pelo que decidimos fazer enfeites para o decorar e ficar bem mais bonito! 
Já começamos a fazê-lo e bem depressa aprendemos, reutilizando CD's velhos...
Pois é... o pó de estrelas dá o retoque final! 
Depois verão como vão ficar especiais estes enfeites. 
Estão curiosos sobre o que será o pó de estrelas?
Aqui vai uma pista: vai servir para fazer uma coisa muito importante para nós neste Natal.
E mais não podemos dizer... segredinho, segredinho, não conto ao meu vizinho!

O dia 3 terminou com a abertura do terceiro saquinho, o da Francisca.
Mas houve um pequeno problema :-( a foto saiu desfocada e agora não podemos repeti-la!
É que já distribuímos todos os rebuçados que vinham dentro do seu "Saquinho cheio de Natal!"
A professora pede desculpa pelo facto à família fixe da Francisca e agradece a sua colaboração no nosso Calendário do Advento.
Até amanhã!

Sem comentários:

Diário Bloguefólio

Porquê e para quê um Blogue-Portefólio?

Uploaded on authorSTREAM by jusousa | 

De onde nos chegam amigos