Procurar no Bloguefólio:


Widget UsuárioCompulsivo

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Arrumar, organizar e planear

Foi assim o dia de hoje, em final de semana antecipado:
  • Planeamos a Assembleia de Escola que irá realizar-se na próxima segunda-feira, escolhendo uma notícia da nossa sala, para comunicar a todas as outras e também distribuindo algumas das tarefas do Projeto "Jardim Mágico das Flores", o projeto de empreendedorismo comum a toda a escola.
  • Arrumamos as produções individuais desta semana.
  • Terminamos as entrevistas sobre a Mãe (que incluímos no presente que preparamos, uma vez que tinham feito sucesso quando foi o Dia do Pai). Seguiu hoje tudo para casa, mas muita atenção:
- Só podemos dar o presente à mãe depois de dormir 3 noites!

  • E ainda começamos a preparar um evento que se comemora na próxima quinta-feira...

É o décimo aniversário do eTwinning, um projeto europeu que promove a colaboração entre diversas escolas (europeias), no âmbito do qual a Sala Fixe está este ano a desenvolver o projeto "Lendas e Rendas"...

"que pretende ser 100% nacional, tem como objetivo explorar digitalmente e colaborativamente as lendas do tradicional oral das várias regiões do país onde as escolas parceiras estão situadas, envolvendo no seu desenvolvimento não só as famílias, como a comunidade"
.
Trabalhamos atualmente em colaboração com os seguintes parceiros:
  1. EB1/JI de Alfragide, Amadora, Portugal
  2. Jardim de Infância de Porches, Porches, Portugal
  3. EB1/JI de São Bartolomeu de Regatos - EBS Tomás de Borba, Angra do Heroísmo - Açores, Portugal
  4. Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Novo, Montemor-o-Novo, Portugal
  5. Jardim de Infância da Estação - Agrupamento de Escolas Abade de Baçal, Bragança, Bragança, Portugal
  6. EB1/ JI São Bento, Valejas, Portugal
  7. EB1/PE da Lombada - Ponta do Sol, Madeira, Portugal
  8. Sala Fixe da EB de Vila Franca, Viana do Castelo, Portugal
Podem ver neste mapa de Portugal onde se situam todos os parceiros deste projeto:

Combinamos elaborar em conjunto (mesmo à distância) uma atividade que não vamos revelar já, mas que nos envolveu a todos ao redor da mesa grande...

Assim foi o nosso dia...
Agora vamos comemorar o º de maio,  Dia do Trabalhador, descansando bastante neste fim de semana prolongado.
A semana que se avizinha é grande e de festa... é a Festa das Rosas na terra da flor :-)


quarta-feira, 29 de abril de 2015

Subitizing, tutti e stencil... só nomes estranhos ;-)

Começamos o dia com um problema matemático... que exigiu esforço, atenção, concentração e raciocínio! Primeiro trabalhamos o sentido de número através da
(In: Brochura Sentido de número e organização de dados, da  DGCID) 

Praticamos o subitizing, tentando estimar a quantidade de pintas em cada uma das imagens, que eram deste género:

Foi-nos mais fácil identificar as que são iguais às do dado e do dominó...

... pois estamos familiarizados com elas. As outras exigiram mais algum esforço!

A atividade matemática prosseguiu com um exercício de sequências, que exigiu ainda mais.
Tratava-se de uma sequência crescente, cuja base ia duplicando da primeira para a seguinte e por aí fora...  usamos duas formas geométricas: triângulos e quadrados.
Começando com 1 triângulo, o objetivo era criar outro com 2 na base 
e depois outro com 3, mas sempre mantendo a forma de triângulo.
A mesma coisa com o quadrado: 1 quadrado, depois outro formado por 2 na base
 e de seguida outro com 3 na base e por aí fora...

Depois de compreendida a brincadeira, tornou-se tudo muito mais fácil ;-)
Fomos mesmo capazes de representar graficamente de forma correta:





Com a chegada da prof. Patrícia iniciou-se o ensaio!
O Maestro Pautas foi o Fred e nós fomos a orquestra :-)
Tocamos pela primeira vez
Na parte final tocamos todos ao mesmo tempo ou, como se diz em linguagem musical "Tutti"!

E claro, também continuamos as tarefas que temos em mãos... como para a Mãe está (quase) tudo preparado, dedicamo-nos a executar, com toda a atenção e cuidado, a técnica de
Também está pronto... pelo menos da nossa parte!
A Festa das Rosas já não espera por nós ;-)

Brincamos e experimentamos os novos materiais para atividades de expressão plástica, agora sobre papel

Fizemos efeitos bonitos e diferentes do habitual, até alguém referiu:
- Parecem mandalas!
Pois é, parecem mesmo... e amanhã há mais!


terça-feira, 28 de abril de 2015

Um dia com muitos sorrisos :-)

Hoje é Dia do Sorriso! 
O Miguel P. parece que adivinhava, quando escreveu isto no quadro magnético...
Foi mesmo um dia com muitos sorrisos :-)
Até porque começamos ao redor da surpresas trazidas de casa para tornarem os nossos desenhos ainda mais ricos, usando a técnica de stencil no desenho, tal como estamos a fazer sobre outro material. Muito obrigada à família do M.P. pela prendinha ;-)

Logo de seguida veio a caixinha das surpresas, que quase sempre nos faz sorrir e que trazia lá dentro uma caixinha de emoções
A alegria, o medo, a raiva, a tristeza, o desânimo, o amor e tantos outros sentimentos/emoções, saltaram da caixinha para as nossas expressões faciais, num jogo que fizemos e no qual teríamos que identificar qual a emoção que o amigo expressava...
Concretizamos depois com a elaboração de um cartaz com todos os

E mesmo sendo trabalhoso e exigindo muita calma e paciência perante as dificuldades, continuamos com um sorriso o nosso
Afinal, para a semana teremos a Festa das Rosas!

Ainda tratamos de mudar mais algumas plantas que resultaram das nossas sementeiras e que têm crescido a olhos vistos, tão bem delas cuidamos todos os dias:

Por isso estivemos algum tempo ocupados, lá fora,

Este dia do sorriso terminou com muitos sorrisos cheios de chocolate, por causa do aniversário da Maria João...
Cantamos os parabéns, batemos palmas e lançamos 5 belos foguetes ;-)
Terminamos o dia a sorrir e com todas as luzinhas do coração bem acesas e brilhantes!


segunda-feira, 27 de abril de 2015

Empreeendendo...

... em várias frentes! Foi assim que começamos mais uma semana.

Hoje comemora-se mais um dia especial, o Dia da Prevenção Rodoviária e foi por aí mesmo que iniciamos a nossa manhã, vendo com muita atenção este video:



Aprofundamos o assunto, conversando sobre os cuidados que devemos ter na estrada, quer como peões (pessoas que andam a pé), quer como condutores (neste caso, os nossos pais) e ainda fomos capazes de situar os momentos mais importantes do enredo numa

Os miminhos para a Mãe nunca são demais, porque ela merece tudo... por isso hoje preparamos mais um presente, uma coisa muito útil, que lhe vai dar uma(s) mãozinha(s) pois tem lá as nossas para a ajudar!


E depois de pensarmos, pesquisarmos e experimentarmos diversas hipóteses, lá descobrimos a que resultava melhor para este outro empreendimento lançado pela Associação de Pais, que pediu a nossa colaboração para a Festa das Rosas que se aproxima: pintar pratos de cerâmica de grês (antes da cozedura).

Porque é uma nova experiência, com recurso a novos materiais, requereu muita paciência!
Mas, como disse hoje um dos empreendedores fixes:
- Quando temos paciência, as coisas ficam mais bem feitas!
E assim, com muita paciência, descobrimos a técnica que consideramos mais adequada e começamos a praticar 
Quanto ao resultado, depois verão!

Como sempre à segunda-feira, também conhecemos uma nova história, em tela gigante mas desta vez sem pipocas!  
Chamava-se "O jardim do Sr. Tobias" e falava de um senhor muito empreendedor que teve um sonho e conseguiu concretizá-lo. Então teve outro e, depois de muito trabalhar, concretizou-o também.
É assim a vida de um empreendedor, alguém que tem ideias e as põe em prática!
Para isso precisa de:
Tal e qual como vem mencionado no Manual do Projeto "Ter ideias para mudar o mundo" da Associação Delta, que tem sido o guião das nossas estagiárias Daniela e Natália...

E claro, como sempre, para além de tanto empreendimento, continuamos a 
Amanhã haverá mais, até lá!

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Curtas... a terminar a semana

Depois da organização, contagem e arrumação das produções individuais da semana, tivemos aula de música. 
Hoje a prof. Patrícia trouxe-nos 3 propostas de Música Clássica, que escutamos com gosto e atenção... acabamos por escolher a Marcha Turca de Mozart, que apenas mimamos, com a ajuda das pautas do maestro da "Orquestra do Pautas"
Ficou prometida a utilização dos respetivos instrumentos na próxima semana!

Ao longo do dia, para além de brincar colaborativamente...

Preocupamo-nos também em planear a próxima semana... com este problema para resolver!
Aproxima-se a passos largos a Festa das Rosas e a colaboração com a Associação de Pais vai passar por decorarmos um prato de cerâmica. 
Não é uma tarefa fácil, pintar com materiais a que não estamos habituados. 
Por isso estivemos a experimentar, a tentar, a testar e a pesquisar na internet...
Houve mesmo quem o tivesse feito em casa e então, usando as mesmas palavras-chave, conseguiu replicar a pesquisa em contexto de sala e encontrar o tal video que ensina a fazer rosas!
- Eu quero experimentar fazer!
Vamos lá então... pausando o video sempre que necessário:
video
Entretanto outros efeitos foram testados... desenho livre (e que lindas rosas têm surgido!), com  um molde simples à escolha ou uma técnica de pintura diferente, mas a conclusão para já tem sido: 
- É muito difícil! :-(
Estamos,  portanto...

E vamos ter que continuar a investir na resolução deste problema. 
Teremos a próxima semana para isso, já o planeamos no Diário de Grupo!
Mas entretanto, bom fim de semana e bom descanso :-)

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Colorir a Liberdade e experimentar com Livros!

Este Dia Mundial do Livro, foi diferente, cheio de experiências novas, interessantes e inesperadas! Voamos por outros caminhos...
Há já algum tempo que não nos dedicávamos a atividades experimentais de que tanto gostamos e já tínhamos saudades... por isso estivemos muito atentos e concentrados.

A primeira experiência foi realizada para comprovar se é ou não possível mudar a cor às flores... tínhamos uma rosa e muitos cravos brancos (uma gentil oferta das estufas de Vila Franca). Ora o símbolo da Liberdade são cravos vermelhos! 
Será que os podíamos colorir?
Conversamos sobre o assunto e surgiram conceções diversas:
- Alguns achavam que podíamos pintar com pincel e tintas...
- Outros pensavam que era melhor usar corantes para pintar com o pincel...
- Ou então mergulhar as pétalas em água com corante...
- Finalmente, houve quem dissesse que as flores bebiam pelo caule, pelo que podíamos pô-las com o caule mergulhado na água colorida.

Foi isso que decidimos fazer, colocando os cravos brancos numa espécie de jarra, depois de colorirmos a água com corante alimentar vermelho. 
Lá no meio pusemos também a rosa, que estava seca, quase a murchar...
Como sobraram muitos cravos, usamos os restantes para tentar colorir de outras cores: azul, verde (misturamos os corantes azul e amarelo), amarelo e laranja (misturamos vermelho e amarelo).  Os conceitos de cores primárias e secundárias estão perfeitamente adquiridos!
A Sala Fixe até já parece um jardim ;-)
Agora vamos continuar a observar e registar o que acontece.
Será que vão beber a água colorida e mudar de cor? Amanhã iremos verificar...

Entretanto e mais propósito da comemoração de hoje, usamos livros (que já sabemos que são muito importantes, até para quem, como nós, ainda não sabe ler...) para uma coisa bem diferente: uma experiência que integra também a física e a matemática ;-)

Com 3 folhas de papel colorido e um pouco de fita cola construíram-se três sólidos geométricos:
- Um prisma, baseado na forma do triângulo.
- Um cilindro, baseado no círculo.
- Um paralelepípedo, com base no quadrado.

A experiência consistia em testar a força / resistência ao peso, usando as leis da física: 
- Qual dos sólidos geométricos suportaria o peso de mais livros?
- Quantos livros conseguiríamos colocar em cada um deles?

As estimativas foram diversas e houve quem dissesse que as estruturas, por serem feitas assim de papel de desenho, eram muito fraquinhas para segurar um livro sequer!
Então toca a testar, primeiro foi a professora a fazê-lo, para demonstrar como era necessário pousá-los devagar e com todo o cuidado...
Foram estes os resultados:
- O prisma, segurou apenas 4 livros.
- O paralelepípedo, conseguiu aguentar 5 livros.
-  O cilindro, aguentou 15 livros!
- Um por cada fixe!

Mas porquê? Se são todos feitos do mesmo material?
E não é que houve mesmo quem encontrasse a explicação científica para o sucedido?
- Eu acho que o círculo é mais forte porque não tem lados!
Depois representamos graficamente a experiência realizada:





Aqui  está a fonte de inspiração e segue-se a explicação científica:
A estrutura redonda (cilindro) pode suportar mais livros porque as suas paredes não possuem bordas. A força dos livros não pode concentrar-se numa área particular e assim a carga é distribuída uniformemente. Ou seja, todas as partes do cilindro partilham a carga dos livros e contribuem para a sua força total até, finalmente, entrar em colapso.
A estrutura quadrada (paralelepípedo) e triangular (prisma) deformam mais facilmente, porque deslocam o peso dos livros para as suas arestas e cantos, que deformam as suas paredes e conduzem a um colapso rápido. 

E assim, de forma divertida e interessante, aprendemos conceitos importantes e complexos da Física e da Matemática, bem como novo vocabulário. 
Mobilizamos conhecimentos anteriormente adquiridos (como cor, forma e sentido de número - ordinal e cardinal) e alcançamos a compreensão de fenómenos novos!

Diário Bloguefólio

Porquê e para quê um Blogue-Portefólio?

Uploaded on authorSTREAM by jusousa | 

De onde nos chegam amigos