Procurar no Bloguefólio:


Widget UsuárioCompulsivo

terça-feira, 28 de março de 2017

Conversas de Páscoa... mas não só!

Começamos o dia com muitas conversas, desta vez sobre a Páscoa que se aproxima. E porque as festividades não são só datas no calendário, apareceram lá por alguma razão, fomos à procura dela!
As nossas opiniões, desta vez, não eram muito diversas. Achamos que a Páscoa existe...
- Por causa do coelhinho da Páscoa!
- É para ele dar ovinhos de chocolate aos meninos.
- E amêndoas...

Já por altura do Natal tínhamos tido uma conversa parecida e houve quem se lembrasse que o Natal não existe por causa do Pai Natal, 
- Eu acho que é porque nasceu o Jesus! 
- Pois é, as pessoas até fazem o presépio...
- E depois os Reis Magos deram os presentes ao Jesus e por isso apareceu o Pai Natal, para dar presentes aos meninos.

- Então e quanto à Páscoa?
- Eu acho que na Páscoa também aconteceu alguma coisa ao Jesus... mas não me consigo lembrar! - disse o V.
- Então se no Natal Jesus nasceu, na Páscoa...
- Morreu!
- E quando alguém morre, o que se faz, uma festa?
- Não, um funeral! - respondeu, convicto, o R. (4 anos).
- E o que é isso?
- É quando se põe as pessoas num caixão e se leva para o cemitério...
- Quando isso acontece faz-se uma festa?
- Não, as pessoas choram e ficam tristes...
- Então se calhar a festa da Páscoa não é porque Jesus morreu, é por outra coisa...

E o mistério foi esclarecido sem respostas prontas, através de uma PRÉ História... que conta uma história da História:
Chegamos à conclusão que a Páscoa existe porque Jesus, depois de morrer, ressuscitou.
Não sabemos bem dizer a palavra, ou perceber o que isso é, mas o V. tentou explicar:
- É que depois de morrer o Jesus voltou a viver e subiu ao céu!
Combinamos fazer uma experiência para tentar perceber melhor tudo isso... aguardemos!

Em grande grupo aprendemos um novo jogo, usando as peças de dominó (inspirado aqui):
Fizemos vários círculos numa folha e atribuímos um algarismo diferente a cada um deles. 
Depois procuramos peças de dominó cuja quantidade indicada pelas pintas (a soma dos dois lados da peça) correspondesse ao algarismo do conjunto. Foi um desafio fácil de perceber, embora no início não parecesse... até os mais pequeninos o fizeram com sucesso!

Não foi muito fácil de representar, mas essa foi uma necessidade que sentimos, porque só temos um jogo de dominó e os outros também precisavam das peças! Amanhã terminaremos de registar graficamente as diferentes opções que cada um conseguiu encontrar para cada um dos algarismos de 0 a 10, ou seja, basicamente fizemos decomposição de números, isto aqui, mas de uma forma muito mais divertida e gira:
Foi uma experiência interessante pois, tal como referem as OCEPE (2016):
"As crianças aprendem a matematizar as suas experiências informais, abstraindo e usando as ideias matemáticas para criarem representações de situações que tenham significado para elas e que surgem muitas vezes associadas a outras áreas de conteúdo."

Claro que também demos continuidade ao que temos em mãos... brincadeiras e pequenos projetos de Páscoa que já estão a nascer: 
Alguns deles implicam usar bastante a tesoura e como a prática leva à perfeição, estamos a recortar cada vez melhor ;-)
Matamos saudades de amigos que regressam após dias de ausência... com pequenos gestos de carinho e companheirismo:
E fizemos muitas produções, pinturas, desenhos, colagens, como fazemos quase todos os dias... só que, às vezes, pedimos para a professora fotografar. 
Ontem o T. e hoje o V. fizeram-na prometer que ia por estas duas fotos aqui no Bloguefólio:
Este desenho tem muitos foguetes e um caminho cá em cima, estás a ver? 
Está lá um fixe ;-)
Esta colagem tem todas as coisas de que eu gosto... 
mas eu sei que algumas não são muito saudáveis!

Assim crescemos mais um bocadinho neste dia... mesmo que às vezes nos custe a esperar!
- Nunca mais vem a minha comida - protestava o R. logo que acabou a sopa.
- Calma, as senhoras cozinheiras estão a servir, tens de esperar um bocadinho...
- Olha, é bom esperar, sabes, é sinal que estás a crescer! - rematou o V. com toda a convicção.
Até amanhã...

Sem comentários:

Diário Bloguefólio

Porquê e para quê um Blogue-Portefólio?

Uploaded on authorSTREAM by jusousa | 

De onde nos chegam amigos