Procurar no Bloguefólio:


Widget UsuárioCompulsivo

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Mapeando histórias...

Esta semana conhecemos duas histórias novas:
- "O Príncipe Nabo", dramatizada pelos AtrapalhArte, que assim nos contaram esta história de Ilse Losa
Cá estamos, nós e os atores dos AtrapalhArte, no final do espetáculo

- "A lagarta Lalá e as cores do arco-íris", que a professora nos contou com um livro já muito velhinho, que ela fez quando andava a estudar para ser Educadora.
É esta a história, também já disponibilizada no PRÉ Histórias (aqui ou aqui):

Como habitualmente fizemos o reconto, que é o momento de relembrar o título, o enredo da história, os seus personagens e o final. 
Os mais crescidos estão habituados a elaborar um registo gráfico sobre as novas histórias que vão conhecendo, um desenho livre, onde podemos integrar o que quisermos sobre a história e que depois interpretamos (por vezes, pedimos para legendar, para integrarem nos nossos Portefólios de Aprendizagem, onde ficam para consulta pelos nossos pais e familiares).

Mas desta vez a proposta de registo foi diferente: vamos seguir um mapa!
- Como no Dia da Criança, quando fizemos orientação
- Ou como no início deste ano, aquando da Caça ao Tesouro?
- É mais ou menos isso... ;-)

E, com um bocadinho de orientação da professora, pois foi a primeira vez que o fizemos desta forma, os meninos de 5 anos conseguiram mapear a sua história preferida, seguindo um modelo construído para o efeito (organizador gráfico). 
Descrevemos o título e o autor, as personagens, o cenário, os acontecimentos e o final e depois desenhamos:

Mapas de histórias de "O príncipe Nabo"



Mapas de histórias de "A lagarta Lalá e as cores do Arco-íris"


Um mapa de histórias é uma estratégia  para ajudar as crianças a prestarem mais atenção aos elementos de um livro ou história. 
Usando um organizador gráfico (neste caso criado para este grupo específico) as crianças são capazes de  identificar os personagens da história, enredo, cenário, problema e solução. Usada frequentemente, esta estratégia contribui para que as crianças prestem maior atenção aos detalhes do livro/história, de forma a memorizá-los, para depois preencherem o mapa. 

Assim, os mapas de histórias:

  • Favorecem a compreensão;
  • Ajudam à memorização;
  • Fornecem uma estrutura para identificar os elementos de uma história;
  • Ajudam a organizar as informações e as ideias de uma forma eficiente.

5 comentários:

Rosa Alves disse...

Em pequeno grupo, já fizemos alguns mapas de história. Mas,gostei deste mapa de histórias individual... E, como acho que quando as partilhas são boas, devem ser "copiadas" para serem utilizadas de acordo com o grupo e as crianças que temos...um destes dias ainda utilizo um parecido com este, com os Triquiteiros.

Sala Encarnada disse...

Também gostei muito e, por isso, talvez "copie" a ideia :)
Obrigada por partilhares tão boas ideias :)

Leonor

Paula disse...

Juca, adorei a ideia!
Facilita e ajuda muito a criança quando regista a história.
"Copiei" a ideia, alterando pequenas coisas. Espero que não te importes.
Acho que a ideia é demasiado boa para ficar"guardada" com o seu autor!
Obrigada pela partilha.

M. Jesus Sousa (Juca) disse...

"Copiem" à vontade, as ideias que resultam devem ser partilhadas, recriadas, adaptadas... para assim poderem fazer crescer ainda mais meninos e meninas.

susana disse...

Boa noite,
fiquei muito interessada na sua proposta do mapa de histórias será que me pode indicar bibliografia para aprofundar conhecimentos?
Bom trabalho,
Alexandra

Diário Bloguefólio

Porquê e para quê um Blogue-Portefólio?

Uploaded on authorSTREAM by jusousa | 

De onde nos chegam amigos