Procurar no Bloguefólio:


Widget UsuárioCompulsivo

sexta-feira, 14 de março de 2014

Problemas para "pais" ;-)

Era uma vez um pai que se chamava Mateus e tinha 3 filhos: eram eles a Beatriz, a Anita e o Duarte. Um dia, o pai foi ao supermercado e comprou 12 rebuçados (uma dúzia). Mas, para os filhos não ficarem tristes, decidiu dar a cada um deles a mesma quantidade de rebuçados. Quantos vai receber cada filho?
                                    (1 a 1 o Mateus distribuiu os rebuçados pelos filhos) 
cada um ficou com 4 e não sobrou nenhum!

Manipulamos rebuçados a sério para encontrar a resposta a esta situação-problema, escolhendo até quem iam ser os filhos dos meninos de 5 anos ;-)



E depois de resolvido este primeiro problema de distribuição em partes iguais (divisão), fizemos variantes do mesmo, ou seja, demos continuidade a este jogo de faz-de-conta, escolhendo outros números para os filhos e para os rebuçados... e assim, a brincar aprendemos a dividir!


Era uma vez um pai que se chamava André M. e 2 tinha filhos.
No supermercado comprou 9 rebuçados. Como fez para os distribuir?
(1 a 1 o André M. também distribuiu os rebuçados pelos filhos) 
cada um ficou com 4 e sobrou um para o pai

Era uma vez um pai que se chamava Anita ;-) e tinha 3 filhos.
No supermercado comprou 10 rebuçados. Como fez para os distribuir?
(1 a 1 a Anita distribuiu os rebuçados pelos filhos) 
cada um ficou com 3 e sobrou 1 para o pai

Era uma vez um pai que se chamava Beatriz ;-) e tinha 2 filhos.
No supermercado comprou 4 rebuçados. Como fez para os distribuir?
(distribuiu logo 2 rebuçados a cada filho) 
porque 2 + 2 são 4

Era uma vez um pai que se chamava Duarte e 4 tinha filhos.
No supermercado comprou 20 rebuçados. Como fez para os distribuir? 
(Ainda não está terminado este registo)

Verificamos que quase todos os meninos usaram a mesma estratégia para realizar a divisão: distribuíram 1 a 1 até terminar. Só num caso se usou o cálculo mental para encontrar o número certo a dar a cada filho.

E no final... comemos os rebuçados!  Foi fixe ;-)

1 comentário:

Rosa Alves disse...

Olá Fixes. Muito bom, este vosso "exercício" matemático.
O desenvolvimento matemático é muito importante em contexto de educação de infância. É que a partir de atividades como esta, depende o sucesso de aprendizagens futuras. Vocês estão no bom caminho.
Beijinhos Triquiteiros

Diário Bloguefólio

Porquê e para quê um Blogue-Portefólio?

Uploaded on authorSTREAM by jusousa | 

De onde nos chegam amigos