Procurar no Bloguefólio:


Widget UsuárioCompulsivo

sábado, 8 de março de 2014

Projeto: encorajando os voos...

Trabalhamos na Sala Fixe com base numa metodologia mista, que entrelaça várias influências ao nível dos modelos curriculares, tal como está explícito no nosso Plano de Trabalho de Turma (PTT). 
No entanto, sempre que tal é possível, optamos pela Metodologia de Trabalho de Projeto como forma preferencial de adquirir e consolidar conhecimento significativo, coconstruído com os pares.

A Metodologia de Trabalho de Projeto é uma forma de pedagogia-em-participação, uma pedagogia transformativa, que credita a criança com direitos, compreende a sua competência, escuta a sua voz, para transformar a ação pedagógica numa atividade compartilhada”.
Oliveira-Formosinho (2007:14)

Os projetos acontecem, não seguem receitas, nem são pré-determinados pelo adulto: podem ser individuais, a pares, coletivos, alargados ao grande grupo...
Um projeto é uma experiência que não se pode prever com uma certeza absoluta. Emerge e desenvolve-se na interação de um grupo particular de crianças e adultos, originando uma dinâmica única”.
Katz & Chard (cit. por Lino, 1996:126)

O que agora aqui partilhamos é apenas um exemplo de como a metodologia utilizada pela educadora contagia as crianças... esta menina de 5 anos fez este projeto (assim o designou) em contexto familiar, tendo conseguido envolver com o seu entusiasmo os membros da família que foram, assim, impelidos a colaborar também ;-)
Um caixote vazio e alguns animais de gloss (bâton brilhante e com sabores) deram o mote, muita imaginação e capacidade criativa fizeram o resto. 
Do cenário passou à criação da história e, por fim, à sua partilha entusiasmada em grande grupo:


A história era sobre a festa de anos do pinguim e o envolvimento dos espectadores foi notório... até os mais pequenitos olhavam/escutavam atentos o enredo que envolvia repetições, nas quais colaboraram também, verbalizando as frases que eram repetidas várias vezes ao longo da história.

E assim, ao imaginar, construir, superar dificuldades,  experimentar, criar, expressar-se de formas diferentes, vão-se adquirindo novos conceitos e construindo conhecimentos! 
Na sala, ou em casa...   

Porque na Sala Fixe queremos que as crianças usem as suas asas para voar, cada vez mais alto e mais longe...


...e a metodologia de trabalho de projeto parece-nos a melhor forma de encorajar os voos!
De facto, à medida que as crianças se envolvem em projetos,  fornecem à educadora uma ferramenta excelente para, em contexto, promover aprendizagens significativas, duradouras e transversais a todas as áreas de conteúdo.
Ainda bem que a área dos projetos é uma das mais procuradas na Sala Fixe!
                         

1 comentário:

Rosa Alves disse...

Fantástico. Gostei muito da vossa história da "festa de anos do pinguim". É notório que vocês "voam" bem alto na procura incessante da construção de novos conhecimentos e ainda bem.
Beijinhos Triquiteiros

Diário Bloguefólio

Porquê e para quê um Blogue-Portefólio?

Uploaded on authorSTREAM by jusousa | 

De onde nos chegam amigos