Procurar no Bloguefólio:


Widget UsuárioCompulsivo

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

De volta à Missão Pijama e ao "eu em círculos" com Van Gogh

Passado que foi o S. Martinho voltamos às lides da nossa Missão Pijama :-)

"Eu em círculos", ou seja, a minha identidade e a minha circunstância... os círculos alargam-se cada vez mais, vão mudando de cor e crescem também!

Lembram-se? Começamos no eu, passamos à  família, ao  animal de estimação, ao brinquedo preferido e depois decidimos continuar com o nosso quarto.
Conversamos em grande grupo sobre essa divisão da casa, se dormimos sozinhos ou acompanhados e quais os nossos hábitos de sono... quem ainda vai adormecer no quentinho da cama dos pais e outras coisas que tais ;-) 
Pensamos ainda no mobiliário que tem no nosso quarto...
- A cama...
- A mesinha de cabeceira, onde está o candeeiro.
- O armário da roupa.
- A televisão!
- A televisão é um móvel?
- Não!
- Pois não, nem os meninos deviam ter/ver televisão no quarto...

A propósito exploramos uma obra de arte de um pintor já nosso conhecido, Vincent Van Gogh, autor de "O Quarto em Arles"

Van Gogh

Pensamos em várias formas de recriar esta obra... o que, convenhamos, não é muito fácil!
Houve quem quisesse fazê-lo com plasticina, mas ainda não começou.
Outros preferiram uma versão de colorir, havendo uma mais simples e outra mais completa.
E foi com muito entusiasmo que, quem quis, se dedicou a esta atividade de recriação, usando para tal as cores que mais gostasse... eis um dos mais simples:

Terminados os quartos passamos ao círculo seguinte, de outra cor e ainda maior, o que vai ele ter?
- A nossa casa!
- Pois, claro! 
E houve que pensar em que tipo de casa moramos, se tem um andar ou dois, se é um apartamento, de que cor são as paredes por fora, como é o telhado...
Alguns preferiram ser criativos, em vez de replicarem em desenho como é a sua casa ;-) por isso surgiram casas arco-íris ou aos triângulos! 
Mas houve quem se mantivesse fiel à arquitetura original e até pintasse de branco as paredes, pois o círculo era amarelo.
Também houve quem desenhasse muitas casas, para depois poder escolher uma :-)
Claro, afinal de contas somos todos diferentes, tal como as nossas casas!

Já de tarde, passamos ao IV capítulo do livro "A aranha delicada", onde a Maria e a Milu levaram para o jardim de infância as suas pedrinhas, pintaram-nas com uma só coisa à sua escolha e depois fizeram as pedras falar contando histórias com esses elementos.

Resolvemos experimentar, por isso levamos um recado guardado na cabecinha... veremos quem se lembra de procurar uma pedrinha (tipo seixo e que caiba na palma da mão) para trazer para a Sala Fixe para fazermos o mesmo!

Ainda iniciamos o registo deste capítulo... eis alguns:



Por hoje foi tudo... semana atarefada tem sido esta que está quase a terminar!

Sem comentários:

Diário Bloguefólio

Porquê e para quê um Blogue-Portefólio?

Uploaded on authorSTREAM by jusousa | 

De onde nos chegam amigos