Procurar no Bloguefólio:


Widget UsuárioCompulsivo

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Mas que dia tão animado :-)

Começou com muita animação no hall entre as salas, onde foi construído o nosso castelo. 
Estamos mesmo na fase final: terminamos de forrar a papel de jornal (por dentro) e começamos a pintar...
Claro que primeiro tivemos que decidir a(s) cor(es) a usar e a decisão final foi um compromisso entre várias opiniões...
- Deve ser cinzento, como todos os castelos!
- Deve ter amarelo, por causa do fixe ;-)
- Podíamos fazer um padrão colorido, assim: rosa, azul, rosa, verde.
No final ficamos bem sujinhos, mas muito felizes!
Ainda vamos terminar uns pormenores, antes da inauguração ;-)

Como já não precisamos de mais tijolos, decidimos agradecer aos cerca de oitenta colaboradores que nos ajudaram a reunir os pacotes de leite necessários a este empreendimento. 
Fizemos um pequeno texto de agradecimento, a professora escreveu-o no computador e ilustramos. Depois tiraram-se fotocópias e o Sr. Presidente da Sala Fixe entregou tudo ao Sr. Coordenador de Estabelecimento, para distribuir por todas as salas...
Também terminamos o brasão do nosso castelo, só falta colocar no sítio!
O grupo dos fãs mais fixes do CR7 dobrou e meteu no envelope a carta que vai seguir hoje no correio... a Bárbara ia tratar disso, pois o posto de correio aqui perto da nossa escola já fechou.
Quanto ao unicórnio, afinal é uma unicórnia e também ficou hoje pronta!
Recebeu um nome um pouco esquisito, mas escolhido ao gosto da sua dona: Tweiny
E sabem o que mais?
- Olha, ela voa!
video
Enquanto alguns se dedicavam com afinco a ultimar os seus sonhos fixes, outros brincavam... neste caso redecoraram mesmo a área da biblioteca!
Em simultâneo, ao lado, na área dos projetos construíam-se tiaras e faixas para o dia especial de amanhã: a inauguração do Castelo dos Sonhos Fixes!

Depois de uma manhã tão ocupada, a tarde foi de descanso, diversão e Teatro!
Recebemos a visita da Companhia AtrapalhArte, para a apresentação do espetáculo "Pinóquio"... 
Todos os anos nos apresentam peças muito engraçadas e interativas, que proporcionam momentos muito divertidos! Temos muita sorte em poder assistir às suas peças, que percorrem Portugal inteiro e vão até às comunidades portuguesas no estrangeiro...

Terminou desta forma animada...
video
AtrapalhArte é, nas suas palavras,
"Provavelmente a melhor companhia de teatro infantil do país!"
Como se vê, o dia não podia ter terminado melhor... obrigada à Associação de Pais, pela comparticipação nos bilhetes.
E então até amanhã, para mais um dia especial: a inauguração do Castelo dos Sonhos Fixes e a despedida das nossas estagiárias Bárbara e Joana, que nos vão deixar muitas saudades!

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Sonhos a caminho da concretização...

Começamos, como sempre, com as muitas novidades do fim de semana.
Ultimamente acompanhamos também os resultados do campeonato nacional de futebol, a I Liga, que o Vicente faz questão de partilhar com todo o grupo (ora muito satisfeito quando a sua equipa de coração ganha, ora o contrário...)
Essas conversas são importantes, pois têm vindo a ajudar-nos a aprender:
- Que cada um gosta da sua equipa preferida, seja ela qual for e é mesmo assim, não temos que gostar todos da mesma equipa!
- Que não temos que gostar das equipas só porque ganham...
- Que nenhuma equipa ganha sempre, nem a melhor do mundo!
- Que nenhuma equipa perde sempre, nem a pior do mundo!
- Que é normal ficarmos contentes quando a nossa equipa ganha e tristes quando perde...
Agora as conversas são um pouco mais pacíficas e acabaram os vira-casacas que mudavam de ideias conforme os resultados ;-)

A história do dia passou-se num castelo (não o dos sonhos fixes, que esse ainda não está pronto!) que pertencia à Rainha Helena. Foi criada pela Joana e contada pelo Sylvester (aquele gato que anda sempre atrás do Tweety...)
Trazia várias portas numeradas de 1 a 10 e, dentro de cada uma delas, igual quantidade de animais, todos eles diferentes. 
Depois do reconto, que fizemos sem dificuldades, o desafio era recordar o número de cada tipo de animal presente na história... e registá-lo numa tabela de dupla entrada (para os mais crescidos, os mais pequeninos coloriram os animais presentes na história):
Depois voltamos ao trabalho... há sonhos fixes que ainda aguardam concretização!
O castelo já está no chão, terminamos a construção... agora estamos a forrá-lo, com cola branca e papel de jornal para depois poder ser pintado, caso contrário a tinta não pegava bem na fita-cola e nos pacotes.

Deixamos o nosso MUITO OBRIGADO a toda a comunidade escolar de Vila Franca, foram cerca de 80 os colaboradores que nos ajudaram a reunir todos os pacotes de leite necessários, com o apoio das suas famílias. 
Vocês foram muito fixes!

Entretanto, o T e o G estiveram ocupados a construir um brasão para o nosso castelo, inspirado no de Vila Franca...
Selecionamos os elementos pretendidos e acrescentamos outros ligados ao castelo e aos sonhos fixes. Passamos grande parte da tarde a desenhá-lo, com empenho e criatividade...
Para fazer o coração bem direitinho (em simetria) recorremos ao espelho georefletor... mobilizando conhecimentos adquiridos.

O unicórnio, outro sonho fixe,  também está quase pronto: hoje foi acabado de pintar...
Ainda ganhou asas e cauda e ficou tudo a secar. Só faltam uns pequenos pormenores ;-)

A carta para CR7, outro sonho fixe, foi digitalizada para enviar por email, o que o V. tratou de fazer...
Ainda houve brincadeiras, produções e também caras e caretas para as fotos em auto-gestão!
Quando apanhamos a máquina fotográfica à mão, sai sempre disto ;-)
Até amanhã...

domingo, 22 de janeiro de 2017

Cantar de Janeiras à Comunidade

Cumpriu-se ontem, tal como é de tradição... embora com algumas "baixas" fizemos ouvir a nossa voz e os nossos instrumentos...
Aqui está o vídeo:


Obrigada à prof. Marisa (professora de música das crianças do jardim de infância) que ensaiou a todos, às nossas estagiárias e também aos  pais e familiares que estiveram presentes nesta tarde de sábado; um agradecimento especial à mamã fixe Débora, pela captação das fotos e do video.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Tesouros... da tradição e do ambiente!

Hoje pela manhã, logo após o lanche preparamo-nos para ir cantar as janeiras pela freguesia... só esperamos um pouco que a geada derretesse!
Colocamos as nossas coroas, escolhidas e feitas por cada um de nos ao seu gosto
E querem saber um segredo? Em muitas delas há matemática escondida!
Está nos padrões de cores que usamos para colar os pompons ;-) 
Do mais simples ao mais complexo, ei-los aqui:
AAAA-BBBB-CCCC  ou ABCD-ABCD-ABCD e ainda ABAB-CDCD-EFEF


Para afastar o frio, depois de bem agasalhados e devidamente coroados ensaiamos o toque dos bombos, ao ritmo da chula e bem animados...
video
Depois lá fomos, com todos os amigos da nossa escola, até ao Lar de Idosos, onde somos sempre recebidos com muita alegria e simpatia pelos mais velhinhos da comunidade...
Fica só um cheirinho...
video
Seguiram-se a Creche e o Café Rosas, que são também paragens obrigatórias ;-)
Obrigada a todos os que assistiram, pela simpatia com que nos receberam!

Por este motivo, na sala hoje estivemos pouco tempo mas, para além de organizarmos as produções da semana, ainda brincamos um bocadinho... a ciência da Engenharia entrou em ação e foi possível construir um dos desafios mais complicados: a torre alta de copos e pauzinhos!
A foto foi tirada pelo próprio engenheiro... que está de parabéns pelo empenho e sucesso nesta atividade!
- Pois, porque não é nada fácil equilibrar isto tudo! - (R, 6 anos)

Já durante a tarde recebemos a visita das técnicas do CMIA, nossas parceiras no Projeto "Da terra para a Terra", que nos trouxeram um teatro de fantoches intitulado "A minhoca Anoca e o gafanhoto Peixoto"
Vieram falar-nos de um grande tesouro que, afinal, também temos na nossa escola: 
É o composto que o nosso compostor faz a partir das cascas das frutas, dos restos de legumes, das folhas e flores secas e dos pauzinhos... 
Quando este tesouro é colocado na horta, faz crescer os vegetais bem fortes e de forma natural! Percebem agora porque é mesmo um tesouro?

Desejamos a todos um bom fim de semana, mas não se esqueçam:
Amanhã, sábado, 21 de janeiro, pelas 16h30m, como manda  a tradição, vamos deslocar-nos ao adro da Igreja de Vila Franca acompanhados dos nossos pais e familiares para o "Cantar de Janeiras à Comunidade", uma atividade incluída do PAA do estabelecimento. 
Contamos convosco!

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Como manda a tradição...

Novidades dois em um ;-)
À quarta há sempre música e movimento e ontem não foi diferente, apenas a aula de música foi com muito mais gente, isto porque estivemos a ensaiar as Janeiras todos juntos, com a ajuda da prof. Marisa (pré-escolar e primeiro ciclo).
Demos continuidade à construção do nosso castelo, que já está a ficar bem alto!
Mas ainda são precisos mais tijolos, por isso continuem a enviar os vossos pacotes de leite!

Outro dos sonhos fixes é um Unicórnio, que já começa a aparecer... para tal tem contribuído o forte empenho da sonhadora (M, 4 anos) e dos colaboradores que com ela têm posto mãos à obra com afinco... negoceiam, tomam decisões e trabalham colaborativamente que até dá gosto observar ;-)
Aliás, por cá a colaboração e a criatividade têm estado em alta...
Os amigos explicaram ao T, que esteve doente, como se fazia a experiência da estrela e juntos experimentaram replicá-la com sucesso... daí surgiram outras invenções com palitos! 
Já o A. inventou uma técnica mista de colagem com desenhos em suportes coloridos que todos apreciaram pelo bonito efeito visual. Ainda não está pronta, depois mostramos!
A partilha e a colaboração foram também evidentes nos desenhos e nas brincadeiras com plasticina que o R. trouxe de casa para usar com os amigos.

Mas ainda houve tempo para um pezinho de dança
Foi uma proposta de movimento um pouco diferente do habitual, mas relacionou-se com as conversas que tivemos esta semana sobre Viana, a nossa cultura e tradições, ou não fossemos nós minhotos de gema!
Recordamos a canção "Tantas  Libras", que gravamos no ano passado a propósito de um projeto eTwinning e, desta vez, não só a cantamos como dançamos, com ajuda de alguns rancheiros fixes ;-)
Só visto...
Terminamos com o "Vira"... 
ficamos tão cansados que o relaxamento foi especialmente saboroso...

Amanhã haverá dois momentos especiais: 
  • O Cantar de Janeiras ao Lar de Idosos e à Creche de Vila Franca, tal como manda a tradição que façamos todos os anos, todos juntos! Será ao final da manhã.
  • Receberemos de tarde uma equipa do CMIA, para apresentação de um Teatro intitulado "A minhoca Anoca e o gafanhoto Peixoto", no âmbito da nossa participação no projeto "Da terra para a Terra".

E mais não dizemos (não podemos, depois perceberão porquê!)

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Num castelo de sonhos cabe (quase) tudo!

Do património cultural local à brincadeira, da tecnologia à ciência, já sem falar em muitos, muitos colaboradores neste projeto de empreendedorismo!
Pela manhã, a caixinha das surpresas trouxe 3 coisas:
- Dois jogos novos para a área dos jogos de mesa: puzzles de locais/monumentos de Viana do Castelo e também um jogo magnético com formas e figuras;
- Uma embalagem de palitos (para o que serão???)
Com o primeiro recordamos os nomes de alguns dos mais conhecidos lugares da nossa cidade...
O segundo foi apresentado pela Bárbara e, depois, muito bem experimentado pelo A, que mostrou aos amigos como se jogava:
Quando estávamos a começar a lanchar entrou na nossa sala, através do computador, o Santiago! Lembram-se dele? Era o quarto Rei Mago...
A verdade é que alguns de nós acharam que era a Joana que se tinha disfarçado de Santiago, mas hoje viram que não, pois ele conversou connosco através de videoconferência e a Joana estava connosco na sala...
Pedimos-lhe para tirar os óculos, mas ele não podia, tem muita sensibilidade à luz ;-)
Contou-nos o que aconteceu quando saiu da nossa sala, como conseguiu encontrar o camelo na estrada, quando foi de boleia com a Prof. Gabriela e assim pode regressar à sua terra. Ficamos mais descansados!
Depois explicou-nos para que eram os palitos: para fazer a experiência da estrela, a que nos dedicamos logo depois de desligar a câmara:
A reação foi... 
- UAU!
Uma estrela feita com 5 palitos (quebrados a meio mas não separados) bem encostadinhos.
Deitamos no centro um pouco de água e... 
- Parece magia! A estrela abriu...
A explicação científica é muito simples: a madeira dos palitos absorve a água e incha, fazendo os palitos afastar-se. Percebam melhor aqui neste video.
No resto do dia brincamos, inclusive com o jogo novo das formas e figuras. Os mais pequenitos jogam bem e gostaram muito!
No âmbito do projeto de empreendedorismo dos sonhos fixes e tendo em conta a falta de matéria-prima para continuarmos a construir o nosso castelo, resolvemos pedir a todas as crianças da escola para serem nossos colaboradores, trazendo também pacotes de leite, que são os nossos tijolos! Um pequeno grupo deslocou-se a todas as salas apelando à colaboração e foi muito competente a passar a mensagem:


Agora vamos ver quem não se esquece... se todos trouxerem, num instantinho juntamos os quase 150 pacotes que nos faltam. Muito obrigada pela colaboração!

Entretanto demos continuidade a um outro sonho, o da M.
Após algumas tentativas (não muito bem sucedidas, mas por cá aprendemos com tentativa e erro...) parece que encontramos o caminho para a construção do seu sonho... adivinham o que é?
De tarde ainda experimentamos uma técnica de pintura que recorre à simetria, tal como o castelo que ontem completamos com o espelho georefletor (mira). Assim, tal como os desenhos ficaram simétricos, hoje aconteceu o mesmo com as pinturas...
Houve progressos nas construções de pequenos engenheiros e engenheiras que, na hora de atividades e projetos, planearam fazer casas...
Foi assim hoje por aqui... até amanhã!

Precisamos de ser pontuais, pois temos o ensaio para as Janeiras com a prof. Marisa às 9h.
Ajudem-nos a lembrar de levar bombo (quem tiver) e, claro, pacotes de leite ;-)

Diário Bloguefólio

Porquê e para quê um Blogue-Portefólio?

Uploaded on authorSTREAM by jusousa | 

De onde nos chegam amigos