Procurar no Bloguefólio:


Widget UsuárioCompulsivo

quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

Experiência(s) com sentido(s)

Hoje foi dia de experiência(s)... um bocadinho malucas, tal como gostamos.
Esta a nossa educadora viu na internet (sand foam) e achou simples e interessante. 
E só leva dois ingredientes: espuma da barba e areia!
O resultado foi, por isso, uma surpresa para todos!
- Ui, que mistela!
- Mas cheira bem!
- Não é igual à areia cinética. Esta tem cheiro e é molhada!
- E é tão fofinha...
Areia espumosa on PhotoPeach 

As criações natalícias também continuam... com materiais naturais e não só, estamos a experimentar e inventar decorações de Natal, de tal forma que o placar dedicado ao nosso Calendário do Advento (ainda em construção) começa a tomar forma!

Terminamos o dia todos a espreitar o computador, onde dois meninos médios tinham conseguido (sozinhos)  por a dar um filme do Ruca no Youtube.
E era bem interessante, a avaliar pela audiência...

Moderno e a cores era este vídeo, ao contrário das coisas antigas, como este desenho:
- O meu desenho já está pronto!
- Ai é? Não vais colorir?
- Não posso, porque é antigo! As coisas antigas não tinham cores que eu já vi na casa da avó! 
E contra factos assim, não há argumentos! Faz todo o sentido...

quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

Um conto de Natal... em contas!

Porque devemos partir do que é essencial e este ano, ao contrário do anterior, até nos lembrávamos porque se festeja o Natal...
- Porque nasceu Jesus!
Então fomos revisitar a História do Presépio, através de um livro que narra, em simples passos, o que antecedeu e sucedeu ao nascimento do menino Jesus e sequenciamos esses passos no flanelógrafo...
Seguindo as imagens associamos cada etapa, pelo seu significado, a uma conta colorida... criando assim um padrão com a verdadeira história do Natal! 
Quem diria que a matemática pode mesmo esconder-se em tudo, não é? Até no Natal!
Depois construímos individualmente as nossas pulseiras de contas, seguindo o padrão que, por sua vez, revela a História do Natal! 
Fomos indo buscar as contas às caixinhas de ovos, seguindo a orientação de cima para baixo e da esquerda para a direita, como o sentido da escrita... complicado? Nem por isso! 
Todos fomos capazes de o fazer... e para além de trabalharmos a matemática (raciocínio, cor, sequência, lógica) treinamos a capacidade de atenção / concentração na tarefa e também a motricidade fina, ao realizar o enfiamento das contas na barrinha de chenille.
No final,  conferimos se o padrão estava certo... conta por conta!
Quando a prof. Patrícia chegou fomos capazes de lhe contar este Conto de Natal pelas contas... e ela gostou muito!
E depois ensaiou connosco a nossa participação na festa de Natal, que já começamos a preparar. Não vamos revelar nada, apenas que é muito Natalina ;-)
Terminamos por hoje, esclarecendo que as nossas pulseiras d' "Um conto de Natal em contas" são tão especiais (parecem Pandoras de Natal!) que não vamos usá-las no pulso... não, podiam estragar-se!
Cada um irá pendurar a sua pertinho da estrela, lá no alto da árvore de Natal de casa (quando estiver pronta, que algumas ainda não estão!). Vai ficar mesmo FIXE! 
Como vêem, nós até já experimentamos no mini-pinheirinho cá da sala...

terça-feira, 25 de Novembro de 2014

E um doce... que também não é de Natal!

Algo de estranho se passa... (ou não?) 
Começamos a respirar Natal na Sala Fixe, mas as coisas que temos feito ainda não são (todas) de Natal! Pois não, nem têm que ser...
Hoje fomos solidários e demos uma mãozinha ao Serviço de Prolongamento de Horário e fizemos pela segunda vez este ano, mas desta vez em conjunto com a Sala dos Amigos, doce de abóbora para vender a quem gosta de coisas boas (como esta compota caseira, com nozes e baixo teor de açúcar, que foi muito apreciada na sua primeira edição, de tal forma que esgotou!)
A abóbora era grande mas muito macia, por isso pudemos cortar  sozinhos...
Com jeitinho, cuidado e muita supervisão... e tudo correu bem! 
Mais de 10 kg de abóbora cortadinha em pequenos pedacinhos!
E também aprendemos a fazer raspa de laranja...
E, já de tarde, começamos a inventar decorações de Natal, com pauzinhos que trouxemos do recreio! Também estivemos a escolher o que vamos fazer para oferecer a quem mais gostamos... mas isso é "segredinho, segredinho"!

Terminamos este dia de uma forma original e divertida, pelo menos para os envolvidos:
- Tira-me uma foto!
- Mas queres alguma foto especial?
- Quero assim uma... a fazer caretas!
E a ideia propagou-se... 
E porque não? 
Afinal, de hoje a um mês é Natal e ninguém leva a mal!

segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

Uma história que não era de Natal...

As conversas por cá começam mesmo a soar a Natal... 
Mas, estranhamente, a história do dia de hoje não era uma história de Natal! 
Não falava do menino Jesus, nem do Pai Natal, não tinha pinheirinho, nem presépio, nem sinos, bolas ou luzinhas a piscar...
Chamava-se "A árvore mágica" e podem conhecê-la aqui.

No reconto que fizemos no final fomos capazes de identificar as personagens envolvidas e de compreender o enredo...
- Mas será que alguém encontra nesta história semelhanças com o Natal?
- Sim! 

E não é que os fixes conseguiram encontrar o Natal nesta história?
Sabem onde estava?
- Na árvore mágica, que  é como se fosse o pinheirinho!
- E nas prendas que nasceram na árvore mágica, que são como as prendas de Natal!
- No Natal também se ajuda quem precisa: dá-se brinquedos às crianças que têm poucos e comida a quem não tem o suficiente. Foi o que aconteceu nesta história!

E depois soltamos a imaginação: como seria se cada um de nós tivesse uma árvore mágica?
Com o que sonharia?
As respostas assumiram a forma de desenhos (alguns não estão aqui porque as fotos ficaram desfocadas)


Eu gostava que na minha árvore mágica nascesse... on PhotoPeach 

Estes seriam os nossos sonhos, se tivéssemos uma árvore mágica:
Duarte: Invisimals e uma bola
Frederico: um bombo
M. João: bolas e uma boneca
Maria: um bolo
Carolina: uma boneca
Gustavo: uma bola
Rui: uma bola
Tiago: a espada do Jake
Miguel B.: a espada do Jake e uma bola
Miguel P.: um puzzle
Sofia: uma bola
Vicente: um carrinho
Ariana: uma princesa
André: uma bola

E então começou a aparecer Natal na nossa sala. Colocaram-se nos vidros os autocolantes de Natal que uma mamã fixe nos ofereceu; foram-se buscar os caixotes de arrumação e começamos a montar o que temos, enquanto não fazemos coisas novas!
Ainda não terminamos... porque tivemos que guardar algum tempo para fazer uma coisa muito importante: agradecer.
Agradecemos a uma família fixe que teve um gesto muito bonito: ofereceu à nossa sala algo que estava já a fazer muita falta. E nós decidimos agradecer desta maneira:
Este pequeno livro com os nossos desenhos, feitos com todo o carinho, é a nossa forma de vos dizer:
- Foi quase como se tivéssemos uma árvore mágica que fizesse aparecer isto na nossa sala!
Foi mesmo ;-)
E obrigada ainda pela oferta ao serviço de prolongamento de horário, vai ser muito útil a todas as crianças que o frequentam. É muito bom poder contar com famílias fixes assim!

sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

Em "rescaldo" do Dia do Pijama...

Com o PijamArte pronto... toca a "usá-lo"...
E foi uma diversão ;-)

Ora vejam lá se conseguem  identificar nele as obras dos nossos seis pintores do pijama...
Nós conseguimos! :-)

Depois de uma semana bastante intensa, refletimos sobre o vivido e avaliamos: achamos que valeu a pena, aprendemos coisas novas, divertimo-nos, ajudamos quem precisa e correu tudo muito bem! 
Também registamos graficamente o que mais gostamos... curiosamente as opiniões foram bastante unânimes e coincidiram com esta: 
- Gostei muito de tomar o pequeno-almoço na escola!
Cá estão os fixes de pijama, com as suas canecas de leite quentinho e os seus biscoitos!

Para encerrar a nossa participação nesta iniciativa, só falta mesmo contar os donativos que vieram nas Casinhas do Pijama, para fazer a transferência para o seu destino ;-) 

Obrigada a todas as famílias fixes que colaboraram para  que se encontrem abraços e famílias de acolhimento para as mais de oito mil crianças portuguesas que estão institucionalizadas.

E como hoje é sexta-feira, recebemos a habitual visita da prof. Patrícia para a aula de Música, que veio mesmo ao encontro do que estávamos já a fazer: planeávamos o Natal e a professora escrevia as nossas ideias no Diário de Grupo,  em"O que queremos fazer", quando ela chegou com o Falaci e a sua caixinha mágica.
Com a sua ajuda já definimos uma das coisas, que não tinha nome e que baptizamos de "Natalina"... o que será?

Bom fim de semana para todos!


quinta-feira, 20 de Novembro de 2014

Dia Nacional do Pijama - cap. IV e último!

Depois fomos para o almoço e seguiu-se uma (pequenina) sesta... 
- Hum, que bom!

Já de tarde, na sala terminamos o nosso PijamArte que tinha ficado a secar...
E não é que teve que ficar a secar outra vez? 
Agora já prontinho e recortado, mas só amanhã é que o poderemos "usar"!

Terminamos o dia comemorando um aniversário. 
O nosso Rui completou 4 anos e ouviu os nossos parabéns de pijama, como não podia deixar de ser ;-)
Assim foi este nosso dia, muito preenchido e divertido. 
De tal forma que ficamos com vontade de repetir:
Para o ano decidimos voltar a inscrever-nos na Missão Pijama!

Diário Bloguefólio

Porquê e para quê um Blogue-Portefólio?

Uploaded on authorSTREAM by jusousa | 

De onde nos chegam amigos